top of page

Cinco filmes brasileiros para assistir durante a quarentena

Organizamos uma lista de cinco grandes filmes brasileiros para nos ajudar durante este período difícil


Mais do que recomendável, é necessário que as pessoas se isolem para evitar o aumento da transmissão do Covid-19. Em casa, as produções culturais surgem como grandes aliadas para combater o tédio. É por isso que organizamos uma lista de cinco grandes filmes brasileiros para nos ajudar durante este período difícil.


1. Benzinho (2018)

A história de uma mãe brasileira que precisa lidar com encontros e despedidas

Estrelado por Karine Telles - grande expoente do cinema brasileiro - e com a participação de Adriana Esteves, Benzinho é o trabalho mais recente do diretor Gustavo Pizzi. O filme conta a história de Irene, uma mãe de família que precisa lidar com a partida do filho que irá tentar a sorte como jogador de handebol na Alemanha. Vencedor de quatro prêmios no Festival de Gramado, o filme retrata os dramas de uma família suburbana e tipicamente brasileira.


2. Deslembro (2018)

Os traumas causados pela Ditadura Militar na vida de uma adolescente carioca

Deslembro é, sobretudo, uma semibiografia da diretora Flávia Castro. Assim como a protagonista Joana, a diretora teve de abandonar o Brasil durante a infância após o exílio dos pais pela Ditadura Militar. A produção franco-brasileira começa com a decretação da anistia e explora as dúvidas e os dilemas de uma adolescente que tenta lidar com a morte do pai e com os novos desafios que encontra com o retorno ao país. A trilha sonora surge quase como um personagem que dialoga com cada situação retratada no longa.


3. Califórnia (2015)

Um retrato fiel da música, da juventude e dos empecilhos vividos nos anos 80

Cinco anos após o seu lançamento, Califórnia se mantém como um grande título do cinema brasileiro. Inicialmente pensado como um drama adolescente, o filme de Marina Person dialoga com o público de todas as idades ao contar a história de Estela. Ambientado nos anos 80, a diretora revisita o cotidiano dos jovens da época e tem como seu ponto forte a relação da protagonista com o tio, debilitado pela AIDS.


4. Duas Irenes (2017)

Um drama familiar típico das peculiaridades do interior e sadicamente divertido

Como fica claro no título, o filme de Fábio Meira conta a historia de duas garotas chamadas Irene. A primeira descobre que a segunda - que possui o mesmo nome e a mesma idade do que ela - é filha também do mesmo pai, com outra mulher. Interpretado por Marco Ricca, Tonico mantém as duas famílias, uma em segredo da outra, e tem seu planos atingidos quando as duas adolescentes decidem iniciar uma odisséia em busca de verdades e revelações.


5. Mãe Só Há Uma (2016)

A versão cinematográfica e dramaticamente elaborada de um de um dos principais casos criminais da história do país

O longa de Ana Muylaert, aclamada pelo clássico contemporâneo Que Horas Ela Volta?, é inspirado em fatos reais (o Caso Pedrinho) e conta a história de Pierre. Interpretado por Naomi Nero, o protagonista descobre após 16 anos que a mulher que o criou durante a vida não é sua mãe biológica, mas uma criminosa que o roubou na maternidade. Após vários trâmites judiciais, Pierre vai viver com a sua verdadeira família, que não lida muita bem com a sua personalidade.


Essas recomendações são incentivos para que nossos leitores fiquem em casa! Só assim conseguiremos vencer a batalha contra o Corona Vírus.

Comentários


bottom of page